quarta-feira, 13 de junho de 2012

Prefeito Roberto Peixoto (PMDB) se livra de mais um processo

Acusados de crime eleitoral pelo Ministério Público Federal, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) rejeitou, na terça-feira, 12, a denúncia de crime eleitoral que teria sido cometido por Roberto Peixoto, Benedito Rodrigues França (Cabrito), Felipe Peixoto (filho do prefeito) e Diego Vogado durante a campanha pela reeleição de Peixoto. A acusação foi feita com base nos processos 179 e 180/2008 pelos quais o prefeito foi condenado e cassado em primeira instância. Os dois processos se encontram no escaninho de um ministro do STJ, que os engavetou depois de ordenar seu envio para o TJ paulista para ter seu mérito julgado pelos desembargadores. Se condenados, um dia quem sabe, os acusados terão seus direitos cassados. Coisas da justiça brasileira.

Um comentário:

Anônimo disse...

Mas que "reiva" não Paulinho???