quarta-feira, 27 de junho de 2012

Balanço da Câmara Municipal


Manifestante ao lado de Lívia Vierno. Fotos Marcos Limão

Percebe-se uma vitória do mercado imobiliária no balanço da sessão ordinária realizada pela Câmara Municipal durante a quarta-feira, dia 27. Três projetos importantes foram aprovados pelos vereadores hoje. O primeiro leva oficialmente a expansão urbana para regiões na zona sul da cidade; o segundo revoga a lei que proibia a construção que causa impactos no entorno de 300 metros dos prédios históricos; e o terceiro, faz a concessão por 30 anos de um terreno público para a ACIST (Associação das Construtoras, Imobiliárias e serviços Correlatos de Taubaté). Mais detalhes na edição 554 do Jornal CONTATO. 

Chico Saad ouve atentamente as orientações de Pedrosa, secretário de Planejamento da Prefeitura de Taubaté
Pedrosa, secretário de Planejamento

Luizinho da Farmácia, Presidente da Câmara Municipal
Representantes do setor imobiliário em Taubaté
Cartazes de protesto na galeria da Câmara Municipal

5 comentários:

Preserva Taubaté disse...

Na Sessão Ordinária,em 5 minutos, por unanimidade os vereadores de Taubaté entregaram sem nenhuma discussão o nosso patrimônio histórico para a especulação imobiliária. Derrubaram a proteção do entorno dos bens tombados que era garantida pelo Plano Diretor.

Anônimo disse...

E ainda tem BABACA com a cara do patífe guevara na camisa.Ô pobreza

Anônimo disse...

Taubaté precisa é PROGREDIR,casas "véias" pro chão !

Prof. Mauro de Souza disse...

Pelos comentários sabemos quem é a favor ou contra as decisões tomadas! Não sou membro da ONU ou de outras instituições pacificadora, estou mais para um cidadão crítico e consciente, isso sim. Pois bem, será que com todo esse orçamento, com tantas pessoas capacitadas em várias áreas do saber, é tão dificil pensar estrategias para solucionar o caos na qual vive Taubaté? Colocar os problemas da cidade em pauta, averiguar os valores que ainda existe em caixa, estudar as estrategias possiveis, sem macunar, sem exigir favores, sem cooptar recursos de forma ilegal, SOMENTE, constatar e fazer valer o SAGRADO DIREITO DO CIDADÃO DE VIVER COM DIGNIDADE, será que isso é tão dificil assim? Fico indignado com tanta falta de compromissos de muitos políticos da nossa cidade! É por isso que nas urnas todo cidadão consciente não deve esquecer os anos de "chumbo da corrupção" e das mentiras, estudar a história política de Taubaté é tudo de bom, o cidadão está cansado de corrupção!
Prof. Mauro de Souza - escritor e filósofo.

Anônimo disse...

Prof. Mauro se analisarmos friamente os candidatos, nenhum deles tem capacidade para resolver os sérios problemas que Taubaté enfrenta. Taubaté está FERRADA !!INFELISMENTE.