sexta-feira, 18 de maio de 2012

Transparência

Notícia divulgada no site Brasil247: "A publicação de salários não fere a vida privada de servidores públicos, segundo avaliação feita nesta sexta-feira, 18, pelo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage. A divulgação dos salários está prevista na Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor no último dia 16".

4 comentários:

Anônimo disse...

Traduzindo para os de pouca inteligência:É O SALÁRIO DO CARGO SEM CITAR O NOME DO FUNCIONÁRIO.
ATENTAI AÍ Srs. VEREADORES DE TAUBATÉ !

Natalia disse...

Sou funcionaria municipal e nao me importo de revelar meu salario, sempre trabalhei com honestidade e nao tenho nada a esconder. Lei eh lei e tem q ser respeitada e obedecida, eu bem q gostaria q fosse de conhecimento de todos as coisas q soh os funcionários sabem.

Anônimo disse...

O próprio judiciário não divulga seus salários, seja dos estados como federais. Aliás, nosso judiciário possui os melhores salários do mundo. País com problemas sociais como o nosso: crimes, tráfico de drogas, faz com que o judiciário tenha relevância. Vá aos países nórdicos e vejam qual a profissão mais buscada pelos jovens: a de professor. Por isso são primeiro mundo, aqui: um juiz ganha apenas 20 vezes mais que um professor com a mesma formação universitária. Quem é mais importante para a formação da sociedade?

Anônimo disse...

Me envergonha ver professor ter seu salário abaixo de um oficial de justiça(nome pomposo para quem entregar correspondência específica). Nosso judiciário trabalha em fóruns com pisos de granito ou mármore;assim deveriam ser nossas escolas públicas também. Lembro que eles, judiciário mantém a impunidade do páis. Uma vergonha. Leis que mais parecem estatutos de clubes de várzea. E aí culpam o legislativo; mas esse legislativo é assistido por advogados e será que não sabem, o judiciário, da fragilidade dessas leis ou preferem que assim se mantenha para manterem seus "status quo"?