terça-feira, 29 de maio de 2012

Segurança Pública




A pedido do deputado estadual Major Olímpio (PDT), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Segurança Pública da Assembleia Legislativa, a Câmara Municipal realizou na noite de segunda-feira, dia 28, uma audiência para discutir o problema da segurança em Taubaté e região. 

Policial militar, o deputado estadual é referência nesse tipo de debate. Suas informações levam qualquer pessoa à reflexão. De acordo com o parlamentar, o efetivo da Polícia Civil em 1991 era de 41 mil homens. Hoje, é de 33 mil. Talvez por isso o indíce de esclarecimentos de crimes no estado seja de 8%. 

A sensação de insegurança pode ser comprovada por meio de uma pesquisa de opinião promovida pelo Instituto Datafolha que colocou a insegurança como a maior preocupação da população, desbancando até mesmo o medo do desemprego. 

A comandante da PM em Taubaté, Major Nikoluk, enfatizou que as drogas e a corrupção nas administrações públicas (que leva ao desordenamento urbano) também são fatos geradores de violência. Essas e outras notícias na próxima edição do CONTATO. Foto Marcos Limão

3 comentários:

Anônimo disse...

Uma bala cal. 38 é mais barata que um mes de pensão no presidio,façam ECONOMIA COM O NOSSO DINHEIRO !!

Anônimo disse...

Para esse assunto quem resolve é o Capitão CONTE LOPES, CHAMEN ELE!

Anônimo disse...

Esse é o país dos que pregaram a democracia: FHC,LUla, Dilma, Alckimin. Estamos democratas com prisão domiciliar: sair de casa é ser assaltado ou ver seu imóvel roubado.Uma vergonha o que estão fazendo com o país.