terça-feira, 29 de maio de 2012

Famílias pobres desalojadas

Na manhã desta terça-feira, dia 29, uma ação de reintegração de posse ordenada pela Vara da Fazenda Pública de Taubaté desalojou cinco famílias pobres no Bairro Conjunto Urupês, entre os Bairros Ana Rosa e Gurilândia. Como não tinham para onde ir, as pessoas foram acomodadas na casa de parentes.

Com uma filha recém-nascida, com 38 dias de vida, o autônomo Douglas Rafael Graciano acomodou-se no casa do sogro. A área é da Prefeitura de Taubaté. Entretanto, Graciano revelou a CONTATO que recebeu orientação do próprio Roberto Peixoto, prefeito do município, para invadir o local. É o segundo relato semelhante em menos de 30 dias.  

Cinco famílias foram desalojadas, mas 15 casas estavam sendo construídas no local. As pessoas ouvidas por CONTATO relataram histórias parecidas: protocolaram a solicitação de doação de um terreno para construir uma casa e lá sede do Palácio Bom Conselhos receberam orientação que poderiam começar a construir casas no terreno no Parque Urupês que nada aconteceria. Todos os detalhes desse episódio que pode ser considerado o Pinheirinho de Taubaté, em menor proporção, é claro, na edição 550 do CONTATO. Fotos Marcos Limão








Graciano exibe a decisão da Justiça por reintegração de posse




4 comentários:

Anônimo disse...

Se o terreno não te pertence porque foi construir lá?Não me venha com essa conversinha que alguém falou que podia.
CHEGA DE INVASÃO !!!

Anônimo disse...

Ele fez o que o chefe da quadrilha mandou ele fazer.

Anônimo disse...

FAMILIAS POBRES E INVASORAS!
PINHEIRINHO AQUI NÃÃÃO !

Anônimo disse...

Camelos no centro da cidade aqui também NÃÃÃO!