sexta-feira, 2 de março de 2012

Bernardo na mira da CPI criada na ALESP

Presidida pelo ex-prefeito Bernardo Ortiz, a FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação) será objeto de investigação pela Comissão Parlamentar de Inquérito criada pela oposição na Assembleia Legislativa de São Paulo. Foram coletadas 33 assinaturas. Eram necessárias 32. O pedido foi protocolado na terça-feira, 28, por deputados do PT. As assinaturas  dos cinco parlamentares do PV foram decisivas. Padre Afonso foi um dos que assinaram.        
        Tudo indica que essa CPI não terá influência nas eleições desse ano. Ela entrou na fila de outras 14 que esperam abertura. Os próprios petistas acreditam que ela só terá início (se tiver) entre o final deste ano e o início de 2013. A FDE tem um orçamento anual  em torno de R$ 3 bilhões.

Nenhum comentário: