segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Feriado municipal

Diretorias do CIESP (Centro das Indústria do estado de São Paulo)  e da ACIT (Associação Comercial e Industrial de Taubaté) divulgaram à hoje, dia 28, uma nota oficial a respeito para manifestar “profundo desagrado” com relação promulgação da Lei Municipal nº 4.562 que instituiu um feriado municipal às vésperas do dia 5 de dezembro de 2011. Confira:
O CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, através da sua regional de Taubaté, e a ACIT – Associação Comercial e Industrial de Taubaté, representando o interesse de seus associados, vêm a público manifestar o seu profundo desagrado com a recente aprovação da Lei Municipal 4.562 de 23 de novembro de 2011, já sancionada pelo Exmo. Sr. Prefeito Municipal de Taubaté, que estabelece um novo feriado municipal na data  de 05 de dezembro próximo. As empresas industriais, comerciais e prestadoras de serviços programam suas ações operacionais, com larga antecedência, dentro de calendários, inclusive municipais, pré-estabelecidos. A imposição de mais um feriado acarreta inúmeras dificuldades e custos adicionais aos seus processos. Não entramos no mérito de que a cidade possa ultrapassar o limite de feriados municipais, preconizados em Lei Federal, em número máximo de quatro feriados anuais. No entanto, ao fazê-lo, consideramos que a sociedade produtiva deveria ser antecipadamente consultada. Além disso, dentro de parâmetros administrativos coerentes, uma alteração de tal importância deveria ser feita com anterioridade, a fim de que a sociedade pudesse se preparar para ela, sob pena de prejuízos irreparáveis. Mais uma vez aqueles que deveriam pautar pelo resguardo dos interesses dos que geram emprego e renda, tomam medidas prejudiciais ao desenvolvimento, no entendimento de que as empresas podem, como sempre, absorver os custos de medidas em que não são chamadas a opinar.Taubaté é uma terra de desenvolvimento, merece ter a comemoração de todas as datas que sejam necessárias, desde que se cumpram os limites legais, usando o bom senso. Cabe ao poder público realizar um profundo estudo da viabilidade real dessas ações, principalmente no que diz respeito ao seu prazo de aplicação, levando em conta os possíveis prejuízos causados à economia e ao desenvolvimento local”.

6 comentários:

Anônimo disse...

Prof Jeferson está sem ideias de novos projetos, sem vontade de trabalhar! "Tô ganhandoooooooooo" pra que inventar de trabalhar? Pelas ideias deste nobre edil, melhor mandar ele pra casa na proxima eleição, lá pode descansar a vontade e sem amolação.

Anônimo disse...

Nóis trabaia nóis perciza discançá !

Anônimo disse...

Como disse o Peixoto:
Feriado para o povo ir para o Ubatuba.
Viva o Brasil!!

Mauro Taddeo disse...

Instituição do Dia do Taubateano, do Dia do Enxadrista e outros dias...

O problema na instituição desse dia do enxadrista não está em render homenagens ao grande Mestre Mequinho (se foi essa a intenção), que todos reconhecemos, mas na absoluta falta de critério em instituir-se dias de uma categoria profissional em função de alguém que se destaca na profissão numa cidade. Isso é ridículo e falta do que fazer dessa Câmara Municipal de Taubaté.

Aliás, faz-se sim: muita média. Vocês já imaginaram como seria o calendário de homenagens pelo Brasil afora por conta de se prestar homenagens, até merecidas, a brasileiros que se destacam em suas várias atividades profissionais ?
Por um acaso há o DIA do ESCRITOR de HISTÓRIAS INFANTIS em Taubaté em alusão ao grande Monteiro Lobato ?

O que mais falta nesta cidade: o Dia do Torcedor de Futebol, do cachorro vira-lata, do baladeiro, do bêbado, etc....

Em Taubaté teremos o DIA DO TAUBATEANO !!! Acreditem, isso foi aprovado e será dia 05/12 no dia do mais novo feriado da cidade recém criado sem lógica nenhuma e sem ouvir os empresários prejudicando a atividade econômica da cidade.

Por que então não se tem um feriado nacional como o DIA DO BRASILEIRO ? Nessa Taubaté saiu na frente ! Êta cidade porreta, ensinando o resto do país !!!!

Nessa toada "nonsense" vou sugerir para a Câmara Municipal de Taubaté instituir o Dia do "Broguero Sujo".

Rir para não chorar !!!

Marcos Castro Jr. disse...

Mas essa Prefeitura tá com os dias contados mesmo! Como conseguem ser tão incompetentes e fazer mais atos inconsequentes com a nossa cidade. Realmente, tem que capar fora esse pessoal e botar gente séria nesse governo municipal, porque, do jeito que tá, DÁ VERGONHA!!

Anônimo disse...

E OS COMERCIANTES E VENDEDORES ESTÃO SATISFEITOS COM O MOVIMENTO DAS VENDAS,PORTANTO OS TROUXAS QUE SE CALEM !!