sexta-feira, 14 de outubro de 2011

No colo do PT

Deputado Padre Afonso Lobato (PV) assinou o pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Pedágios. Era tudo que o governo Alckmin não queria. Padre Afonso faz (ou fazia?) parte da base do governo na Assembleia Legislativa. E o assunto em pauta é pra lá de delicado para os tucanos paulistas.
A adesão do deputado garantiu as 32 assinaturas necessárias para a abertura da CPI. Isto pode significar um rompimento definitivo com o governo tucano. A tendência agora é a aproximação cada vez maior de Padre Afonso com o PT e, consequentemente, com o PMDB de Roberto Peixoto e Ary Kara. Quem viver verá.

4 comentários:

Anônimo disse...

Paulo, por que vocês fazem de tudo para empurrar goela a baixo que o Padre está ao lado do PT e PMDB? Qual o interesse!

Anônimo disse...

SANTA INOCÊNCIA!!!
O QUE VAI ACONTECER SE O PT MIGUELAR....
SERÁ QUE GOVERNADOR SERÁ TÃO COMPREENSIVO?
SE EU FOSSE DO PSDB MONTARIA UMA COMISSÃO DE DEPUTADOS PARA VISITAR O VALE.
TODOS, CHEIOS DE RECURSOS E EMENDAS.
TRAIÇÃO SE PAGA COM PUNIÇÃO.
MAS COMO CIDADÃO,CREIO QUE O PADRE CUMPRIU COM SEU DEVER.
ESPERO PORÉM QUE NÃO COBREM SUAS DÍVIDAS,NEM RETIREM SUA PROTEÇÃO POLICIAL.
JONAS

Anônimo disse...

Na politica é dificil falar qual é a tendência (como está dizendo o Jornal Contato), principalmente na politica de Taubaté, e não precisa botar gasolina na fogueira, o PV de Taubaté não vai se juntar com o PMDB e nem com o PT, os 3 partidos terão candidaturas próprias e já definidas.

Anônimo disse...

Certeza. 2012 bloco (PT+PV+PMDB). O Padre é ligeiro, precisa de tempo na TV que só com o PV é inútil. Tb estão desprezando o eleitorado do Peixoto (que ainda é considerável apesar da crise) para vencer uma eleição que será a das mais apertadas, 5% vai fazer diferença. Só a Vera Saba não se atentou que o Padre articula com o Carlinhos na Assembléia há tempos e leva Isaac e PMDB junto... Só alguns cabos eleitorais do PV que não querem enxergar isso, pois só visam o emprego.