segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Hospital Universitário na berlinda

Defensoria Pública (DP) de Taubaté solicitou às autoridades explicações sobre os motivos da suspensão do serviço no setor de hematologia no Hospital Universitário (HU), hospital público que é referência regional junto ao SUS. Pessoas estão sem acessos a consultas, exames de sangue e transfusões, o que coloca em risco a vida de cerca de 80 pacientes. Segundo a denúncia recebida pela DP, a única médica que atendia no setor foi afastada por licença médica em julho de deste ano e, até hoje, as autoridades municipais nem o departamento regional de saúde foram capazes de alocar médico substituto.

Detalhe: vários pacientes fizeram reclamações à Ouvidoria do HU, mas até hoje não receberam explicações claras e objetivas sobre o assunto. Alô, alô Dr. Isnard, está na hora de explicar melhor esse assunto, não?

Nenhum comentário: