terça-feira, 9 de agosto de 2011

Boca na butija


O Ministério Público de Taubaté ingressou com uma ação civil pública contra o Prefeito Roberto Peixoto (PMDB), a vereadora Maria Teresa Paolicchi (PSC) e o Diretor do Departamento de Administração, Júlio César Oliveira. Acusação? Colocar pessoas na folha de pagamento da Prefeitura de Taubaté, como trabalhadores autônomos, e posteriormente usar a mão de obra na campanha eleitoral de 2008 e na ONG da parlamentar, chamada “Promoção Saúde Social”.
            “Havia plena sintonia entre os demandados Roberto, Maria Teresa e Júlio César. Enquanto os dois primeiros enriqueciam indevidamente, economizando despesas pessoais com o custeio de suas campanhas eleitorais; o último procurava conferir pretensa legalidade às contratações dos demais demandados; também visando seu benefício próprio, porquanto procurava garantir a reeleição do Prefeito e, com isso, manter a remuneração que percebia por ocupar cargo comissionado junto ao Poder Executivo municipal de Taubaté [...] Sendo assim, o demandado Roberto não pode alegar desconhecimento dos fatos ou atuação conforme a lei; até porque ele foi o responsável direto pelas contratações, já que, afora ele, nenhum servidor da Prefeitura Municipal de Taubaté possuía poder para tanto, pois os Departamentos do órgão sequer gozavam de autonomia financeira e de autonomia administrativa [...] Ou seja: nenhuma contratação de pessoal podia ser feita sem a prévia ciência, anuência e autorização do Prefeito Municipal. O mesmo se aplica à demandada Maria Teresa, que na qualidade de fiscal dos atos do Poder Executivo, jamais poderia concorrer para a prática de tão odiosas condutas”, descreve a ação judicial.

            Como pena, a promotoria requer a
perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ressarcimento integral do dano (quando houver), perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil. Que feio, hein, Maria Teresa.

Um comentário:

Anônimo disse...

Deixa a moça para lá..todo vereador tenta se virar com alguns biquinhos, pois tem família para proteger, é de classe média etc etc etc.e o que está acontecendo em Taubaté está no Brasil inteirinho por isso que sou a favor de aumentos aos vereadores..., como aumento a todo o funcionário público. A carne é fraca!!!!E ainda por cima não foi provado nada!!! é só politicagem.