quarta-feira, 15 de junho de 2011

Retrato da Prefeitura


Mesmo sem ser convidado, CONTATO compareceu hoje, dia 15, à coletiva de imprensa na Prefeitura de Taubaté e tirou uma foto (emblemática) dos aparelhos de telefone que retratam com perfeição o atraso da administração municipal. Detalhe importante: a cidade goza de um orçamento de quase meio bilhão de reais. É mole? Foto de Marcos Limão

2 comentários:

Anônimo disse...

Todos farinha do mesmo saco! Cérebros pequenos!Querem usar o desvio na cara dura. E qualquer um que queira mesmo provar alguma coisa que use o recurso contábil e as leis vigentes e vinculadas.
Existem excelentes escritórios de auditórias. Só não contratam por estarem amarrados em algum ponto da compra, contratação e até mesmo da corrupção. Se gritarmos pega ladrão em todo território nacional, não fica ninguém meu irmão.(já deu samba). Alias
Advogados não tem malícia para apontar erros contábis escondidos.E aí vira um boné velho. Neste momento em uma Unidade Orçamentária estão adjudicando e homologando algum tipo de compra com dispensa de licitação por ser problema urgente e relevante pelo próprio manda chuva hierarquico. Entre a descoberta da urgência e a devida adjudicação direta passou-se quase quatro meses...é mole?Tempo suficiente para se fazer dez tomadas de preços cinco concorencias públicas 100 convites.
A dotação a ser gasta diretamente é de mais de quatro milhões de reais.É duro? Uma só empresa abocanhou o desvio...bom, se considerarmos 40 por cento entre gorgetas diversas e o superfaturamento teremos um total de R$1.600.000,00 caindo no bolso da quadrilha. A mafia brasileira de licitação e patifaria está além do que possa imaginar nossa vã imaginação.

Anônimo disse...

Os telefones me lembram um museu. Talvez seja isso o que o Peixoto deseja, pois o prédio da prefeitura está mais para favela. Uma vergonha quem vem a Taubaté e necessita ir lá. Nem no pobre Nordeste encontramos uma situação calamitosa e esdruxúla como essa. Pobre Taubaté.