terça-feira, 17 de maio de 2011

Prefeito notificado

Thiago de Bórgia Mendes Pereira, advogado do prefeito Roberto Peixoto (PMDB), compareceu hoje, por volta das 11 horas, à Câmara Municipal. Munido de uma procuração que lhe dá plenos poderes para responder em nome do prefeito, o advogado foi notificado quanto à Comissão Processante criada na Câmara Municipal com base nas graves irregularidades administrativas apuradas no âmbito da CEI da ACERT. E também hoje o vereador Orestes Vanone (PSDB) declarou à Rádio Difusora que o prefeito tem “99%” de chances de ser cassado pelos vereadores.

3 comentários:

Anônimo disse...

Nossa ! Que nome pomposo !

Anônimo disse...

Quanto significa 99% na pendência em questão? aproveito para fazer a minha propaganda comercial:
PIZZARIA DO ONÓRIO- VILA DOS JAMAIS- RUA DO SÃO NUNCA 33.
ESPECIALIDADE DA CASA: INGEDIENTES: INCOMPETÊNCIA,DEBOCHE,ANACRONISMO FALTA DE SINCERIDADE, ENGANAÇÃO,POR FORA r$,AJEITAÇÃO TUDO TOTALMENTE ENCOBERTO COM MUSSARELA DE BÚFALA.É DE ENRIQUECER QUALQUER POLÍTICO.

Anônimo disse...

“A Administração do Prefeito Roberto Pereira Peixoto há muito tempo acabou é ninguém percebeu...”. Taubaté atualmente é governada de maneira indiretamente, por alguns atores sociais, a saber: iniciativa privada, requerimentos de vereadores e decisões judiciais, sempre impondo à Prefeitura de Taubaté obrigação de fazer ou não fazer dos atos administrativos. Não posso esquecer da participação dos próprios munícipes em programas de rádio, jornais e televisão, sempre clamando pelo atendimento das necessidades básicas e primárias, quais sejam: infra-estrutura da malha viária que atualmente apresenta aspecto lunar, fornecimento de coleta de lixo e medicamentos básicos, sem contar o Pronto Socorro de Saúde caótico que assemelha-se a imagem de “campo de concentração”, conhecidos por todos aqueles que admiradores da sétima arte.