sábado, 2 de abril de 2011

PREFEITURA E IMPRENSA OFICIAL

Os jornais Diário (oficial) de Taubaté e o Jornal da Cidade de hoje, sábado 02 de abril, na primeira página trazem a mesma manchete: "Tribunal de Justiça arquiva denúncias contra o edital e o contrato da merenda escolar de Taubaté", e o mesmo texto. Fica evidente que não se trata de um furo de reportagem. E o próprio texto entrega a malandragem produzida pelo Palácio Bom Conselho: 1) A própria "reportagem" informa que se trata de "Acórdão do TJ, datado de 26 de agosto de 2010 e assinado pelo relator, Desembargador J. Martins".Portanto, nenhuma novidade nesse "furo de reportagem"; 2) Nada tem a ver com a recente quebra de sigilo decretada pela própria Vara da Fazenda a pedido do Ministério Público; 3)Nada tem a ver com o processo que corre sob segredo de Justiça fartamente documentado conforme matérias já publicada pelo Jornal CONTATO. Leia o texto final da "matéria" não assinada no Diário (oficial) de Taubaté e no Jornal da cidade, reproduzida abaixo e tire sua conclusão de quem é o verdadeiro autor da "matéria" jornalística publicada simultaneamente nesses dois jornais: "Por tudo isso, entende-se que novas notícias a respeito do contrato de fornecimento de merenda para as escolas municipais de Taubaté são baseadas em ações de cunho meramente político. A administração municipal permanece tranquila e ciente de que tanto o Ministério Público quanto a Vara da Fazenda e o Tribunal de Justiça acompanharam de perto e aprovaram o edital e a contratação da empresa fornecedora de merenda." Nós, da redação de CONTATO, concluímos que foi produzida e paga pelos inquilinos do Palácio Bom Conselho. E você?

5 comentários:

Lucas disse...

Absurdo isso. Imprensa chapa branca! Que vão trabalhar na Venezuela, Cuba, China ou Irã!
Não precisamos desses jornais manipuladores. Imprensa séria é para fiscalizar, criticar e informar de forma imparcial.

Luiz Carlos disse...

Eu concluo por esse e outros arranjos que a atual administração municipal vale-se de recursos públicos para confundir a população.
O intento será indubitavelmente alcançado se a sociedade civil organizada, em nome da ética e dos bons costumes, e apoiada pela imprensa livre e comprometida com a democracia e com nosso frágil sistema republicano ficar assistindo impassível.

Urge a disseminação da "semente da consciência cívica": FORA PEIXOTO!!

O que está acontecendo não honra as pessoas de bem desta abençoada terra e não serve de exemplo para os nossos jovens.
Se nada for feito para exigir que os atuais detentores do poder deixem-no pergunto:

1- Que categoria de políticos serão no futuro os nossos atuais jovens?

2- É essa "Metrópole do Futuro que almejamos:" Da epidemia de dengue? da saúde sucateada?, da população sem remédios? das vias públicas esburacadas? do trânsito caótico, da merenda de péssima qualidade que servimos às nossas crianças diariamente? do comércio livre do crack e da perda de oito jovens por mês que trocam suas vidas pelas drogas e /ou nos confrontos entre gangs de traficantes? das evidências que enriquecimento ilícito de nossas autoridades? da inoperância ou morosidade da atuação das instituiçoes de fiscalização, tais como Ministério Público, Tribunal de Contas, Justiça que Justiça? etc., etc., etc.

Anônimo disse...

O mesmíssimo texto, incluídas manchete e todas as vírgulas, foi publicado no Jornal da Cidade.

Isto SIM é Taubaté disse...

Eles que aguardem. A população não aguenta mais essa corja de ladrões. Essa imprensa é tão corrupta quanto o prefeito.

Anônimo disse...

Essa administrção tá uma vergonha pra nossa cidade. Se faz de bonzinho tentando passar "falsas" verdades e manipular a opinião da população. SAI FORA PEIXOTO!!!!!!