sábado, 2 de abril de 2011

Manifestação na terra de Lobato



Lidia, funcionária do gabinete do prefeito, acusada pelos manifestantes de estar anotando os nomes dos professores. Os educadores presentes ao evento tiveram os nomes anotados e podem sofrer perseguição. É muita baixaria para uma cidade só!!!


Os professores da terra de Lobato realizaram na manhã de hoje, 2 de abril, uma manifestação com o objetivo de reivindicar plano de carreira e aumento de salário para a categoria. A passeata tinha cerca de 150 pessoas e saiu da Praça Santa Terezinha com direção à Praça Dom Epaminondas, pela rua Pedro Costa. O movimento, que também reuniu lideranças políticas, como a vice-prefeita Vera Saba (PT) e o deputado estadual Padre Afonso (PV), acabou se transformando num ato contra o governo municipal. Mais detalhes na próxima edição impressa do jornal CONTATO.

2 comentários:

M.A.S. disse...

Feliz foi um professor de SJC que, durante a passeata, lembrou de uma das mais célebres frases de Monteiro Lobato: "Um país se faz com homens e livros." Pergunto então, e uma cidade pode ser feita com moleques e apostilas?

alcimara disse...

Na terra de Lobato tudo pode acontecer, mas diante das propagandas que este governo inescrupuloso vem lançando na mídia, fica difícil dizer se ainda falta acontecer alguma coisa a mais...
saudações