quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Boa notícia

Está em vigor a lei municipal 4.466, de autoria do vereador Digão (PSDB), que proíbe a inauguração de obras incompletas em Taubaté por todos os órgãos públicos do Poder Executivo e Legislativo, bem como os da administração direta e indireta, como a Unitau e o IPMT (Instituto de Previdência do Município de Taubaté). São consideradas obras incompletas os “empreendimentos que não apresentem as condições necessárias para uso adequado a que se destinam”.
Além disso, a lei obriga que as obras tenham placas de inauguração, contendo, obrigatoriamente, informações como a data do início e do término da obra, os valores previstos e gasto na execução e o nome do administrador público que iniciou e que concluiu a obra.

Um comentário:

Rauston Naves disse...

Parabéns vereador, são poucs que tem a mesma coragem! Isto prova que ainda temos quem cumpre o real trabalho de fiscalizar sem medo e proveitos próprios! parabens Digão!