quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mayra Salles.

“A primeira vez que ouvi falar do Paulo de Tarso foi pelo codinome Paulo Cadela. Meu tio-avô Carlos Neves sempre conta uma história dos tempos de menino em que eles brigaram e o Paulo foi com um canivete para cima dele. Anos depois descobri que o Paulo de Tarso e o Paulo Cadela eram a mesma pessoa. E que a história contada pelo meu tio tinha uma outra versão. Com o tempo fui conhecendo um pouco mais da pessoa e da história de vida do Paulo de Tarso. Logo depois que minha filha nasceu, queria muito voltar a trabalhar, mas não tinha com quem deixá-la. A solução era levá-la junto comigo para a redação do jornal, que ganhou uma decoração diferenciada com os brinquedos da Manuella. É difícil imaginar uma redação a pleno vapor em meio a fraldas, mamadeiras e brinquedos. Sempre serei muito grata pela oportunidade e compreensão do Paulo”.

Mayra Salles

Nenhum comentário: