segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

ELEIÇÕES 2010: Pesquisa da CNT/Sensus enfraquece Ciro Gomes

Serra está com 33,2% de intenção de votos e Dilma 27,8%.
Se Ciro Gomes sai, Serra vai a 40,7% e Dilma fica com 28,5%

Marina Silva (PV), varia de 6,8% a 9,5%. Nesta semana, terá seus 10 minutos na TV no programa partidário do PV.

Sem Ciro, Serra levaria, hoje, no primeiro turno porque a soma dos votos de Dilma e Marina seria menor do que os votos do Serra. Uma boa desculpa para Ciro insistir em sua tese de que ele é necessário para haja segundo turno.

Margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais

Ciro caiu de 17,5% em novembro para 11,9% em janeiro, enquanto Dilma subiu de 21,7 para 27,8% no mesmo período. Isso abala a tese de que um segundo presidenciável governista reduziria as chances de vitória do governador de São Paulo, José Serra, pré-candidato do PSDB. Partidários de Ciro avaliam que ele precisa chegar a cerca de 20% das intenções de voto até março para tentar se manter na corrida presidencial. Tudo vai depender do programa eleitoral do PSB.

Os eleitores de Ciro seriam tucanos enrustidos?
Mas o papel de Ciro na campanha não seria apenas atacar o tucano Serra?

Eis algumas perguntas para serem respondidas em rodas de amigos.

Nenhum comentário: