sábado, 9 de janeiro de 2010

CARREIRA OU CABIDE DE EMPREGO?

Um jornalão de São José divulgou ontem, sexta-feira, que o prefeito Roberto Peixoto teria se reunido com o presidente da Câmara, vereador Henrique Nunes (PV), para negociar a mudança no limite de contratação de gerentes fora dos quadros de funcionários da Prefeitura. Ouvido por CONTATO, Nunes informa que não negociou nada. "O prefeito quer reduzir de 80 % para 20 %. Mas deverá ser aprovado 50 %". Vamos esperar para conferir para saber se prevalecerá o funcionário de carreira ou o velho cabidão de emprego.

6 comentários:

Luiz Carlos disse...

Para lermos os comentários políticos deste blog é preciso ler-se nas entrelinhas.

Quer dizer então que realmente existe um "conchavo" entre a Prefeitura e a Câmara, no sentido da Câmara perder influência de QI (Quem Indicou) no quadro de Cargos de Confiança da Prefeitura?

Essa relação indecente, anti-ética e semi-incestuosa precisa ter fim em solo taubateano caso queiramos voltar a nos olhar em nossos espelhos e termos orgulho de nós mesmos.

A meta não deve ser 20% e tão menos 50%, a meta deve ser zero. Não deve haver nenhum acordo entre os poderes para essa ignominiosa prática de nepotismo cruzado.

Senhores políticos deste município: Tenham vergonha na cara.
Os senhores não foram eleitos para esse tipo de vexaminoso conchavo.

Anônimo disse...

nos funcionarios deveriamos se reunir para melhoria se nao vai continuar essa palhaçada,todos os funcionarios se reunir nos venceremos esa luta contra essa gestao .Olha essa coleta como esta agora vai de mal apior .Vamos apoia esses coletores que estao lutando pela verdade do nossa cidade ,eles sim merece nosso voto de confiança ,e hora de nos acorda.lutar sempre,desistir jamais somos brasileiros e nao trouxas

Anônimo disse...

Temos que encontrar um modo de organizar uma greve dos estatutarios da Prefeitura,afinal esses cargos que são assumidos como servidores temporários por clt e que sempre tem salário maior que os da categoria,que são assumidos por amigos e parentes do Prefeito e vereadores,é uma afronta a nossa categoria que assumiu os cargos através de concurso por mérito próprio,e se não bastasse agora ele quer colocar os estátutários de escanteio em cargos que são por direito e por carreira de nós funcionários públicos.
Sem falar no piso minimo da Prefeitura que hoje é menor que o salário minimo e que o Peixoto prometeu aumentar para R$790,00 em Janeiro.

o Sindicato é vendido pra Prefeitura...temos que nos mobilizar!!!!!
Acorda Taubaté!!!

Anônimo disse...

Até quando essa merda de prefeito vai ficar fazendo a cidade passar por isso?
Esse cara tem que ser preso.

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus veredores, não tem que ser aprovado nada.

Os cargos devem ser assumidos por funcionários de carreiras.

Não se esqueçam da situação do Sr. Nivaldo ( gerente do Gein )

É muita palhaçada...

Anônimo disse...

Engraçado, não vejo vocês criticarem o cabide de emprego na Câmara Municipal? Já deu uma olhadinha na reforma administrativa, Paulo de Tarso?! Ou não te interessa fiscalizar o legislativo? Faça um pesquisa nos arquivos recentes do jornalão de São José e você vai ver que eles sim fizeram um papel de imprensa crítica.