terça-feira, 15 de setembro de 2009

Casa de ferreiro, espeto de pau

Primeira mão. A médica Rita de Cássia Bittar Ferraz, atual diretora do departamento de Saúde da Prefeitura de Taubaté, está internada no Hospital São Lucas. Ela recorreu hoje a um hospital particular porque está com suspeita de gripe suína. Porque ela não procurou o sistema público municipal, da qual responde pela qualidade e eficiência no atendimento? Será que nem ela confia no serviço prestado pela municipalidade? Alguma coisa deve estar errada...

7 comentários:

Anônimo disse...

é infelizmente nem a própria diretora de saúde de taubaté , não confia né no serviço publico municipal, porque ela foi pro hospital são lucas, isso é uma pouca vergonha né.

DULA disse...

não só ela mas todo municipe que possue um convenio que não seja o SUS. Se vc possue um convenio duvido que vá se misturar com os pobres coitados Acho que o caminho das Indias é bem aqui no Brasil.Quem tem dinheiro fica com mais dinheiro quem é pobre fica cada vez mais pobre e doente

Anônimo disse...

sei q n tem haver mais vcs viram no site da prefeitura de taubate o prefeito fez questao de colocar o polpa tempo no site cm uma conquista dele n vamos nos enganar denovo fora peixoto

Anônimo disse...

tadinha dela...

Anônimo disse...

Quem tem convenio e não vai ao sus mas não tem cargo de confiança na prefeitura, não vai a publico falar das maravilhas da saúde de Taubaté, não é vaquinha de presepio de ninguem e não recebe salario da prefeitura, tudo bem.
Uma coisa é certa, ela assim como outros com cargo de confiança, devem é estar se lichando p/ os problemas da saude dos outros.
Tudo o que eles querem é continuar a usufruir da Lei-Tinho.

Anônimo disse...

É, isto é porque na 2. feira, ela estaria no gabinete para resolver tudo, ou ficava ou saia. Voces acreditam em coelhinho da pascoa. Peça para ela trazer em publico o resultado do exame, como fez com a internação e eu garanto que será negativo, é mais uma correndo para o lado dos mãos grande. Tenha vergonha santidade e fala com Pedro Henrique e dividam o bolo.

Anônimo disse...

NO PS DO CECAP, ONDE É REFERÊNCIA DA GRIPE H1N1, OS PACIENTES C/ OUTRAS ENFERMIDADES ESTÃO MISTURADOS P/ INALAÇÃO E APLICAÇÕES DE SORO NO MESMO ESPAÇO FISICO NÃO É FORNECIDO NEM A MASCÁRA P/ PROTEÇÃO.
OS PACIENTES QUE ESTÁ COM GRIPE E PNEOMONIA NAQUELE LOCAL E DITO QUE O EXAME DE SANGUE NÃO DEU GRIPE,SENDO QUE C/ HEMOGRAMA NÃO DÁ P/ SABER. O TESTE É FEITO APENAS EM PACIENTES HOSPITALIZADOS,
TANTO A GRIPE COMUM COMO A H1N1 TEM SINTOMAS PARECIDOS,
O PERIGO É, QUE ESSES PACIENTES POR NÃO TER ORIENTAÇÕES CORRETAS, CONTAMINÃRAO OUTRAS PESSOAS, VOLTÃO A FRENGUENTAR A ESCOLA, TRABALHO ETC... ACHANDO QUE É GRIPE COMUM. ( CONVERSEI C/ VARIAS PESSOAS NO LOCAL )
TAUBATÉ CORRE O RISCO DE BATER O RECORDE DE H1N1.
A DIRETÓRA DE SAÚDE DRA. RITA DE CASSIA FEZ POUCO CASO COM A GRIPE EM TAUBATÉ. ... "pimenta nos olhos dos outros é refresco". ...
VAMOS VêR SE DEPOIS DESTA ELA TOMA PROVIDÊNCIAS!
QUEM NÃO TEM COMPEDENCIA CAI FORA... COM A SAÚDE NÃO SE BRINCA DE FAZER ESTAGIO
A SORTE DELA FOI DE NÃO SER ATENDIDA NO POSTINHO DO *CECAP* RSRSRS... E MUITO MENOS NO PRONTO SOCORRO