quinta-feira, 4 de junho de 2009

Mentiras a granel



Acompanhe de maneira cronológica a polêmica sobre a desativação de 34 leitos no quarto andar do Hospital Regional, enquanto pessoas morrem todos os dias no Pronto Socorro Municipal de Taubaté à espera de vagas em hospitais.

Dia 22 de maio. CONTATO revela que os 34 leitos do quarto do Hospital Regional estão desativados.

Dia 26 de maio. A assessoria de imprensa da Sociedade Assistencial Bandeirantes (SAB), que recebe dinheiro do governo do estado de São Paulo para administrar o hospital, divulga a seguinte nota: “Informo que o Hospital Regional do Vale do Paraíba está com o 4º andar passando por reformas, isso como parte do cronograma de obras de melhoria. É a continuidade do que já aconteceu com as Unidades de Internação Adulto e Infantil (5º, 6º e 7º andares). De modo que as obras de Infra-estrutura são para melhorar o atendimento que é oferecido à população do Vale do Paraíba, sendo que seria difícil realizar o trabalho sem provocar transtornos aos pacientes internados na Unidade. Em contrapartida, conseguimos remanejar os leitos em outras alas e a taxa de ocupação e a rotatividade de cirurgias e internações foi mantida”.

Dia 2 de junho. CONTATO comparece ao quarto andar do Hospital Regional e verifica in loco a inexistência da qualquer obra no local. Nossos repórteres também fazem o registro fotográfico do quarto andar. Neste mesmo dia, CONTATO solicita uma entrevista com os diretores do Hospital Regional. Sem resposta.

Dia 4 de junho. CONTATO pede para a Secretaria Estadual da Saúde informar o gasto exato da obra, o nome da empresa que vai executá-la e as datas de início e término da obra. No mesmo dia, a Secretaria de Saúde divulga a seguinte nota: “O Hospital Regional do Vale do Paraíba esclarece que o quarto andar teve seus serviços transferidos para outros andares para passar por reforma e readequação de área. A expectativa inicial é que as obras sejam concluídas em 90 dias. O valor da obra é de cerca de R$ 2 milhões”.

Acompanhe a seguir as fotos do quarto andar do Hospital Regional feitas no dia 2 de junho. A SAB agora vai mudar de nomenclatura. Vai se chamar "Grupo Saúde Bandeirantes". Fotos de Marcos Limão
Posted by Picasa

2 comentários:

Anônimo disse...

O que me surpreenderia seria se esse andar estivesse funcionando bem.
Fora isso, acho até normal.
Incrivel tbem esse hospital ainda não ter outros andares e leitos desativados.

dula disse...

este hospital está em reforma desde 2005 é hospital ou basilica de aparecida???????????