segunda-feira, 7 de abril de 2008

PHA=PT

Para comemorar o Dia Nacional do Jornalista, hoje, o grupo educacional UNINTER organizou uma videoconferência com o jornalista Paulo Henrique Amorim. No Vale do Paraíba, o telão da videoconferência (foto acima) foi instalado no Centro Associado de Pindamonhangaba, no bairro Bosque da Princesa. CONTATO foi ao local para ouvir o que PHA tinha para falar.

Com diversos recortes de jornais impressos em mãos, Paulo Henrique Amorim provou por A + B que a economia do Brasil está melhor do que nunca. Alguém não sabia dessa informação? PHA também abusou dos termos técnicos do econômes para impressionar os quase 3 mil jornalistas que assistiam à videoconferência de diversas partes do país, segundo divulgado pelos organizadores.

Convicto como um petista que enche a boca para falar dos rumos da economia implantada pelos tucanos e oxigenado pela aquecida economia global, PHA não recuou um milímetro da sua defesa do governo Lula.

No final dela, PHA falou da importância da educação para o desenvolvimento de um país, aliada à economia. Neste momento, CONTATO, por telefone, opinou sobre as péssimas condições das escolas públicas do país. PHA discordou!

Então, CONTATO quis saber a posição do jornalista sobre o sistema apostilado de ensino, como o implantado em Taubaté, que começou no estado de SP e tende a se espalhar pelo resto do país. Aqui, a Prefeitura Municipal de Taubaté pagou R$ 33.000.000,00 por um sistema apostilado que contém graves erros conceituais. Porque a educação é o negócio mais rentável no momento. A educação é o famoso capitalismo sem risco. Por exemplo, o governo Lula oferece insenção de impostos por uma década se for necessário para novas faculdades privadas, muitas delas meras emissoras de diplomas sem o minímo de compromisso com a qualidade.

A UNINTER, que organizou o evento, também oferece o sistema apostila pelo Brasil afora. Com o sistema, os prefeitos não precisam formular uma política educacional. Vem tudo prontinho.

Enfim, CONTATO perguntou a opinião do jornalista sobre as apostilas. Resposta: disse desconhecer o polêmico sistema apostilado... PHA deveria vir à terra de Lobato, ou ler o jornal CONTATO, para conhecer a nova erva daninha da educação pública.

Foto: Marcos Limão

Posted by Picasa

5 comentários:

Malta disse...

É aquela velha fantasia de que está "crescendo a economia". Ora, nunca vi coisa mais absurda! Seria o mesmo que dizer: "Nossa, FHC foi um presidente maravilhoso, acabou com a inflação". Aos que não sabem após o Plano Real houve uma considerável melhora na inflação, antes chegava até mesmo a três dígitos. Ora, ora... na economia não existe mágica. Você tira de um canto e põe em outro. Acabou a inflação, mas privatizou tudo, arrocho salarial, infraestrutura sucateada, educação abandonada etc. Ou seja, quem pagou o preço foi os trabalhadores. Não há mágica. A dita melhora no governo Lula foi da política econômica agressiva que impediu os brasileiros de consumirem, arrochando os salários, taxas de juros alto, só ver que quando Lula subiu ao trono as taxas de juros chegaram ao patamar de 27,5% ao ano... ora, quando se coloca taxas deste nível proibe a população com salário mínimo de consumir, com isto Lula privatizou, sucateou e acumulou lá 200 bi na reserva internacional. NOSSA A TÃO SONHADA RESERVA INTERNACIONAL. Ora, se alguém evita de gastar e só arrecadar é obvio que acumula. Ainda mais com um câmbio tão desvalorizado quanto o Real, agora já começa a diminuir, a economia foi alimentada apenas por exportação, só olhar o Balança de Pagamento. Enquanto a Balança de Capital é "preju", a de Serviços rendia. Lembra bem a economia da colônia portuguesa, aquela mais rentável na América do Sul, que tinha sua economia de exploração, baseada nos latifúndios: grandes propriedades de terra, monocultura e... para exportação. O milagre do álcool... já estudamos isto no século XVII... ora ora... querem voltar...

onde está o tal do crescimento?! crescer a custa dos trabalhadores é muito fácil... quero ver o governo crescer para os trabalhadores, que é a maioria dos brasileiros, dos quais estão morrendo de dengue, estão morrendo nas enchentes do Maranhão, morrendo de fome no nordeste... é... o crescimento é mesmo uma grande farsa da democracia brasileira, tão farsa quanto o Antonio Abujanra dizer que "o voto é o maior legado dos que lutaram contra a ditadura".

Malta disse...

Esqueci de dizer:

A burguesia está em festa mesmo. Não é a toa que Paulo Henrique Amorim fala bem do governo. Lula está dando bilhões aos empresários da educação, com certeza não iriam dizer mal dele. Enquanto acabam com a universidade pública dá aos empresários dinheiro com o tal do PROUNI. Agora, com os nossos botões: porque dar o dinheiro aos empresários da educação ao invés de aplica-lo na universidade pública que está sucateada?! Ora... pense, pessoa com cérebro... pense... quem sabe também não descobri o mecanismo da farsa democracia... so nao demora muito a pensar, porque quanto mais demora, mais eles faturam com o seu dim dim dim dim dim... enquanto isto... a saúde não há dinheiro...

Anônimo disse...

Se o nosso prefeito tivesse coragem de fazer uma pesquisa com os professores sobre as ditas apostilas,ele teria a confirmação do que eu como mãe de aluno da rede vou dizer: essas apostilas são uma porcaria,até meus filhos detestam.
Estão longe de nossa realidade,só prá ter uma ideia, a apostila não menciona a semana Monteiro Lobato,não trata de nada regional, o aluno mora e estuda aqui e não conhece nada daqui.
Tanto dinheiro jogado fora.

Tony Marmo disse...

Paulo Henrique Amorim, quando era correspondente internacional da Rede Globo, elogiava Ronald Reagan e George Bush, o pai. O pior é que ele dava notícias péssimas para o Brasil e celebrava como se fosse vantagem. Do tipo, Bush e a turma de Wall Street queriam que o Brasil fizesse mais dívida externa e ele achava isso o máximo da oportunidade para o Brasil. Se houvesse gente criticando a idéia, ele dizia que era péssimo para o Brasil alguém tentar impedir o aumento da dívida!

Anônimo disse...

Tté comemora este mês Amacio mazaropi e Monteiro Lobato, meus filhos que estudam na rede municipal a 2 anos não sabem quem são esses homens, a rede não valoriza os tesouros da terra, só trata de assuntos dessa "bençoada apostila ruin". Se esses inuteis de professores-vereadores prestassem,a educação em táubaté não estaria nesse caus.Como póde o aluno não conhecer sua terra. Eta prefeito ruin.