quinta-feira, 20 de março de 2008

Camelôs X Prefeitura

Acima, Beto Coelho, diretor do DSU, de costas
para os camelôs. Abaixo, um camelô, depois de
muito insistir, consegue falar com Beto Coelho.

Estão acirrados os ânimos entre os camelôs e a Prefeitura Municipal. Esta pretende fazer uma reforma no camelódromo. Mas aqueles estão insatisfeitos com o modo como a situação está sendo conduzida: sem os devidos esclarecimentos e de maneira unilateral, sem escutar as reclamações dos comerciantes.
A falta de diálogo do poder público culminou na resistência de alguns camelôs. Eles não querem, durante a reforma, trabalhar na Avenida Desembargador. Motivo: o local, escolhido de forma unilateral pela Prefeitura, é movimentado demais, desprotegido de chuva e sol e sem adaptações com os mínimos padrões de segurança para clientes e comerciantes.
Hoje de manhã, por volta das 9 horas, os petistas Beto Coelho, diretor do DSU, e José Gonçalves, diretor do Trânsito, estiveram no local. Porém, os elogios matutinos dos comerciantes foram para o ex-prefeito Antônio Mário (DEM) que, na época, conversou exaustivamente com todas as pessoas envolvidas na obra, diferente da atitude da atual administração.
O impasse continua. Segunda-feira é o último dia para os camelôs se retirarem do local. Na terça-feira de manhã a empresa contratada pela Prefeitura começa a obra.
Fotos: Marcos Limão
Posted by Picasa

3 comentários:

Anônimo disse...

Politico em epoca de eleições ñ quer nem saber a opinião de ninguem,ele só quer é aparecer. No caso do atual prefeito tudo o q/ ele faz é do jeito errado ou na hora errada ou c/ o projeto errado ou c/ a empreeiteira errada ou c/ acessoria errada,ou tudo erado.

Anônimo disse...

Aproveitando o comentario anterior ,o nosso Prefeito está PREFEITO ELE NAO É PREFEITO .Nessa Prefeitura está tudo errado.QUE SAÚDADE DO BERNARDO......

Anônimo disse...

"Isso é Taubaté"